Conheça os santuários das serras da Piedade

No Circuito do Ouro, beleza e diversão são itens garantidos aos visitantes que procuram atrativos em meio às paisagens naturais. Entre os destinos mais escolhidos está o caminho entre as serras da Piedade e do Caraça, que abriga 2 belos santuários agradáveis para qualquer público — seja um grupo de jovens atrás de aventuras ou uma família em busca de contato com a espiritualidade.

Se você ainda não teve a oportunidade de conhecer esses destinos, fique tranquilo! Há sempre um feriado no calendário e as surpresas da fauna e da flora — riquíssimas e preservadas — da região. Leia este post, saiba mais sobre o local e programe-se para conhecer os santuários da Serra da Piedade e o Santuário do Caraça. Vamos lá?

O Circuito do Ouro e o roteiro Entre Serras

Próximo a Belo Horizonte, o Circuito do Ouro representa uma área turística de Minas Gerais composta por 15 municípios. Os seus visitantes são atraídos pela variedade de programas culturais em meio à natureza exuberante, além da saborosa comida oferecida por restaurantes e o conforto das pousadas localizados entre os passeios. Os destinos do Circuito são divididos em grupos de cidades de acordo com a finalidade do turismo e, assim, prometem atender diferentes tipos de turistas:

  • arte;
  • circuitos com natureza;
  • degustação;
  • música;
  • serras.

O roteiro Entre Serras é um dos destinos proporcionados pelo Circuito do Ouro e engloba as 4 cidades mineiras de Caeté, Barão de Cocais, Santa Bárbara e Catas Altas. Nesse passeio, o visitante pode encontrar os 2 santuários envolvidos pela bela paisagem das serras:

  • O Santuário da Piedade se localiza no início do roteiro, em um ponto alto na cidade de Caeté.
  • Descendo a serra até o final do roteiro, se encontra o Santuário do Caraça, localizado então no município de Catas Altas.

O Santuário da Piedade e a sua história

Localizado em Caeté, a aproximadamente 48 quilômetros da capital mineira, o Santuário Nossa Senhora da Piedade foi fundado pelos portugueses irmão Lourenço de Nossa Senhora e Antônio da Silva Bracarena. No século XVIII, foram construídos no local uma igreja dedicada à Nossa Senhora e um eremitério.

Decretada em 1958 como padroeira do estado de Minas Gerais, a santíssima Virgem Maria veio à região em forma de uma imagem que até hoje é cultuada na Serra da Piedade.

No ano de 1956, o conjunto arquitetônico e paisagístico do Santuário foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e em 1960 foi elevado para a condição de Santuário Estadual de Minas Gerais.

Os principais atrativos do Santuário da Piedade

Como santuário, é um local bastante convidativo à oração e ao contato com Deus, e acentua essa característica pela presença de paisagens belíssimas em meio às montanhas e à vegetação.

Independentemente da religiosidade, o santuário é espaço ideal para relaxar e contemplar a beleza natural com quem mais se gosta. Do topo da serra, é fácil visualizar as matas e as diversas cidades mineiras, incluindo a capital.

A flora do Santuário da Piedade

A natureza viva do Santuário da Piedade encanta qualquer observador, pois se trata de um grande jardim. Entre bromélias, leguminosas e cipós, o visitante se depara com uma diversidade de cores em forma de flor.

Os mais observadores são capazes de admirar a bela inflorescência das orquídeas (Zygopetalum bracpetalum) e das flores popularmente conhecidas como chuva de ouro (Oncidium blanchetti).

A flora rica do local é mantida pelas boas condições de umidade da serra, além de ventos fortes que trazem sementes de regiões distantes para a mistura de novas espécies.

A fauna do Santuário da Piedade

Como se espera em regiões de serras, as aves são presença garantida no Santuário da Piedade, tanto que uma nova espécie de pássaro já foi descoberta no local: trata-se do belo tapaculo-serrano (Scytalopus petrophilus sp. nov.).

O Santuário do Caraça e a sua história

A primeira menção à região do Caraça se deu por volta de 1708, em um mapa referente à Província de Minas. Em 1770, a sesmaria do Caraça foi comprada pelo português irmão Lourenço de Nossa Senhora, que então construiu um hospício e uma capela barroca no local.

Durante a sua vida, ele se converteu e dedicou a sua vida às obras de Deus, garantindo nas peregrinações as esmolas que possibilitaram o desenvolvimento da sua igreja e casa de hospedagem. Após a sua morte, em 1819, foram enviados missionários para dar continuidade às obras do Santuário do Caraça.

Os principais atrativos do Santuário do Caraça

Com aproximadamente 70 mil visitantes por ano, o Santuário do Caraça oferece programas que vão muito além de atividades religiosas. Nesse local, você entrará em contato com:

  • cachoeiras;
  • construções antigas;
  • grutas;
  • piscinas naturais;
  • trilhas.

A flora do Santuário do Caraça

Com os seus picos, o Santuário do Caraça oferece vistas com diferentes possibilidades, sobre as quais o observador desfruta da flora. Dos seus 12 mil hectares, 10 mil são áreas destinadas à conservação ambiental. Em alguns pontos ainda restam algumas espécies de pinheiro araucária, dos quais é possível degustar pinhões assados na brasa.

A fauna do Santuário do Caraça

É também no Santuário do Caraça que você tem a chance de encontrar os famosos lobos-guarás (Chrysocyom brachyurus), motivo pelo qual a região também se tornou um atrativo para visitantes do mundo todo. O nome guará, em tupi-guarani, significa “vermelho” e se refere à pelagem do animal, puxada para o tom dourado.

Vale lembrar que o lobo-guará é o maior canídeo da América do Sul, possui patas e a área da nuca na cor preta e a cauda e face têm tons de branco. Embora tenham o instinto de caça, os lobos-guarás comem de tudo e, no Santuário do Caraça, são alimentados pelos padres.

Aproveite o feriado de carnaval para conhecer as serras da Piedade e do Caraça? Curta também a nossa página no Facebook e acompanhe as atualizações!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

esqueci minha senha