Lugares baratos para viajar em Minas Gerais: conheça estes 4 destinos

Para que sair do país se existem tantos destinos encantadores tão perto de nós? O território mineiro, por exemplo, contempla regiões com belezas naturais indescritíveis, além de contar com uma extensa programação que atende a todos os gostos.

Apresentando atrativos imperdíveis, esses lugares têm uma forte pegada turística, como o Circuito do Ouro — região formada por municípios localizados na área central do estado, pertinho da capital. Com certeza você não se arrependerá de optar por esse destino, que está na seleta lista de lugares baratos para viajar em Minas Gerais!

E aí, gostou da ideia e quer saber mais sobre o assunto? Então continue acompanhando este post e conheça os principais roteiros do Circuito do Ouro, que são referência quando o assunto é lazer para todos os gostos. Tal como o hino regional já previa, conhecendo Minas Gerais você jamais a esquecerá — pode apostar!

A seguir, compilamos vários roteiros do Circuito do Ouro. Assim, você conseguirá conhecer integralmente cada cantinho dessa região, tão famosa por possuir um extenso e significativo acervo do século XVIII.

1. Roteiro Entre Serras das Piedade ao Caraça — Caeté, Barão de Cocais, Santa Bárbara e Catas Altas

Que tal começar o passeio por  um destino que une religiosidade, gastronomia e natureza? Seu passeio pode começar em Caeté, cidade conhecida por abrigar o Santuário da  Nossa Senhora da Piedade, que é parada obrigatória de qualquer turista. Visitando a cidade você tem a possibilidade de vivenciar momentos de fé, e experimentar pratos deliciosos como o queijão – um doce tradicional em formato de queijo. 

E, se você quer apreciar um momento próximo à natureza, então prepare-se para se encantar com a Cachoeira de Santo Antônio, que fica apenas a 40 km do município. Dá para aproveitar o embalo e chegar até o Complexo Canela de Ema, para se aventurar no circuito de arborismo, ou até mesmo na escalada ou tirolesa.

Depois, siga para Barão de Cocais. O município também contempla cachoeiras, igrejas, monumentos e casarões históricos, como o Santuário de São João Batista — que não pode, em hipótese alguma, passar batido. Em seguida, retome a adrenalina com a trilha que leva ao Sítio Arqueológico da Pedra Pintada. Para experimentar as delícias da região vale a pena passar no Distrito de Cocais e experimentar a goiabada cascão, que tem um modo de fazer especial. 

O Santuário do Caraça, o outro extremo do roteiro, está localizado entre Santa Bárbara e Catas Altas. A primeira cidade é reconhecida nacionalmente pelo seu peculiar mel e por abrigar festas religiosas tradicionais na região. Enquanto Catas Altas proporciona aos mais aventureiros a possibilidade de aproveitar a vida no interior de Minas aos pés da Serra do Caraça. Portando, não se esqueça de agendar sua visita também a essas cidades, combinado?

2. Roteiro Entre Ruralidades e Personalidades —  Ipoema, Itabira e Nova Era

Inclua já na sua programação uma viagem à Itabira, terra do poeta Carlos Drummond de Andrade. Visitando a cidade você conhece mais sobre a história e obras no Memorial em sua homenagem. Outra opção bem interessante é percorrer a cidade acompanhando os marcos dos Museus de Território “Caminhos Drummondianos”.

Outro local que não pode passar despercebido  é Ipoema. O aconchegante distrito de Itabira guarda traços sobre a história do tropeirismo e suas tropas por Minas Gerais. Uma visita ao Museu do Tropeiro é uma viagem ao passado e ao mundo destes personagens importantes da história. Além disso no distrito é possível encontrar paisagens e cachoeiras merecedoras da total atenção dos turistas, como o Morro Redondo e a Cachoeira Alta.

Partindo para Nova Era, você pode conhecer mais sobre Francisco Vieira Servas, um escultor português que encanta a todos com sua obra abrigada na singela igrejinha de São José da Lagoa. Para quem gosta de contato com a natureza, vale pegar a estrada e ir conhecer a incrível Fazenda da Vargem.

3. Roteiro Entre Cenários da História — Congonhas, Ouro Branco, Ouro Preto e Mariana

Não há como não se apaixonar por esse roteiro! Com uma atmosfera que remete aos tempos passados, estas cidades proporcionam ao turista um regaste da história da forma mais real possível. Com isso, é possível imergir em uma outra realidade e se sentir como em uma novela de época, que parece uma replica de um cenário!

Congonhas apresenta nada menos do que o conjunto arquitetônico Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, com um incrível acervo histórico e artístico. A cidade também abriga o recém inaugurado, Museu de Congonhas, onde se tem acesso ao acevo histórico de forma moderna e tecnológica.

Em Ouro Preto, já na entrada da cidade, você irá se deparar com a Praça Tiradentes, que reúne o monumento referenciando o minerador e inconfidente que foi executado no local e o Museu da Inconfidência, que possui acervos relacionados ao Movimento da Independência Mineira.

São tantos atrativos, que é praticamente impossível reuni-los em um único texto. São inúmeros museus, igrejas, grutas, monumentos, praças. Tem até viagem de trem, que liga a cidade a vizinha Mariana, a primeira vila e cidade do Estado. Reúne um acervo patrimonial enorme como o agrupado na Praça Minas Gerais e experiências belíssimas como a visita ao Museu da Música. Em ambas as cidades é possível  ver o processo de criação de peças artísticas e artesanais, além de vivenciar o cenário histórico por meio da música e da arte barroca.

A mina localizada no distrito de Passagem, em Mariana mesmo, também merece destaque. Você se lembra das histórias que lia nos livros escolares contando as aventuras dos homens que cavavam as montanhas em busca de ouro? Pois, então, nesse roteiro você conseguirá ver de perto essa narrativa!

Se você busca contato com a natureza, o roteiro conta ainda com dois parques estaduais repletos de trilhas e paisagens deslumbrantes: o Parque Estadual do Itacolomi entre Ouro Preto e Mariana, e o Parque Estadual da Serra do Ouro Branco, na cidade de Ouro Branco. O melhor de tudo é que a maioria desses passeios possuem preços simbólicos que não comprometerão o orçamento da viagem, ainda deixando o passeio com um custo relativamente baixo.

 

4. Roteiro Entre Trilhas, Sabores e Aromas — Rio Acima, Itabirito, Nova Lima, Sabará e Raposos

Nessa região o que não falta é natureza e sabores bem típicos para você se apaixonar! Primeiro, comece pela cidade Rio Acima, que está apenas a 60 km de distância da capital mineira. Com inúmeras opções de cachoeiras, o local é totalmente apropriado para curtir um passeio com a família e ter um contato com a natureza.

Já em Itabirito, se sua pegada não é muito aventura, pode curtir a natureza no Parque Ecológico da cidade com direito a caminhada e pic-nic na grama! Por lá você também pode experimentar o tradicional Pastel de angu, uma delícia típica que pode ter vários recheios dentre eles carne, queijo e umbigo de banana.

As bebidas também são outro ponto forte do roteiro, especialmente por conta das cervejas artesanais. Com sabores e aromas  bem diferentes do habitual, elas encantam também pelo processo de produção, já que você pode ver de pertinho como são feitas essas delícias em Nova Lima e Itabirito.

Ainda em Nova Lima, aproveite e conheça também o Distrito de Macacos e se encante com os belos cenários naturais! Para não perder o ritmo, utilize as trilhas e locais próprios para o ciclismo ou off-road. Você não vai se arrepender! Já em Sabará há a Pedra Rachada, com uma vista deslumbrante, que é uma atração imperdível para aqueles que buscam a prática de escaladas — por isso mesmo, o ponto já é rota definida dos aventureiros.

Mas o seu passeio só estará completo quando você degustar as muitas delícias produzidas com jabuticaba em Sabará! Saborear a fruta em si já é muito bom, imagina então geleias, molhos para acompanhamentos, doce em compota e licores? Só de pensar já deu água na boca!

Encerrando as dicas pelo pelo roteiro Entre Trilhas com chave de ouro apresentando Raposos, é nesta cidade onde está localizada a igreja matriz mais antiga de Minas Gerais datada do final do século XVII, dedicada a Nossa Senhora da Conceição. O antigo “Arraial das Velhas”, hoje Raposos, possui ainda várias possibilidades junto a natureza e uma das dicas é o poço azul.

E aí, gostou do post? Agora que você já conhece alguns lugares baratos para viajar em Minas Gerais, deixe-nos o seu comentário e nos conte qual destino chamou mais a sua atenção!

 

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

2 comentários em “Lugares baratos para viajar em Minas Gerais: conheça estes 4 destinos”

  1. Obrigado pelo artigo, me ajudou muito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

esqueci minha senha