6 lugares paradisíacos para conhecer em Minas Gerais

Minas Gerais é conhecida em todo o Brasil — e até mesmo em alguns lugares no mundo — graças aos seus deliciosos queijos, às maravilhosas cidades históricas e, obviamente, ao famoso pão de queijo.

O belo estado, situado no coração da região sudeste do país, não possui apenas uma capital apaixonante — com pontos turísticos mundialmente famosos — e cidades históricas que enchem os olhos de seus visitantes. Minas Gerais possui também lugares com paisagens naturais maravilhosas que não podem deixar de ser exploradas e conhecidas.

Aproveitar um banho de cachoeira, atravessar rios cristalinos e curtir a vista proporcionada por mirantes são algumas delícias muito bem escondidas entre as montanhas mineiras.

Por lá podemos destacar lugares paradisíacos como: serras, cidades repletas de trilhas, parques ecológicos e sítios arqueológicos que encantam a todos os visitantes, proporcionando momentos marcantes e fotos incríveis.

Dentre os inúmeros locais fantásticos da terra do pão de queijo, separamos alguns imperdíveis. Confira a seguir e prepare-se para se apaixonar por Minas Gerais!

1. Ipoema

Localizada a aproximadamente 86 km da capital mineira, Ipoema — assim como Senhora do Carmo, famosa pelos esportes radicais, ecoturismo, escalada e trekking  — é um distrito pertencente a Itabira, terra natal do grande poeta Carlos Drummond de Andrade e pertencente ao roteiro Entre Ruralidades e Personalidades do Circuito do Ouro.

Tranquilo e totalmente encantador, o distrito possui uma paisagem natural que retrata de forma fiel o famoso cerrado mineiro. Não dá para não visitar o Morro Redondo (imagem), lugar encantador onde a paisagem tira o fôlego e proporciona fotos maravilhosas.

Entre as montanhas, o distrito de Itabira esconde cachoeiras incríveis que atraem turistas de todo o Brasil. Dentre elas podemos citar a Cachoeira Alta, que possui 110 metros de queda d´água e a Cachoeira do Meio, local de difícil acesso, mas que vale o esforço dos visitantes.

No centro do aconchegante distrito os turistas não podem deixar de visitar o Museu do Tropeiro. O local conta com um acervo de mais de 500 peças que contam a história e mostram todos os detalhes da cultura tropeira. Em Ipoema também existem diversos restaurantes que servem o melhor da comida mineira.

2. Macacos

Situado a apenas 30 km de Belo Horizonte, Macacos é ideal para quem busca um lugar maravilhoso e extremamente aconchegante. Poucos sabem, mas Macacos é apenas um apelido famoso do distrito de São Sebastião de Águas Claras, pertencente à cidade de Nova Lima — cidade que faz parte do Circuito do Ouro, pertencendo a rota Entre Trilhas, Sabores e Aromas. O belo distrito recebeu o famoso apelido devido aos contrabandistas de ouro que existiam na região e eram chamados de macacos pelos bandeirantes portugueses.

O local é muito procurado pelos adeptos do ecoturismo e devido às belas paisagens naturais e possibilidades de prática de esportes.  Macacos é um distrito tranquilo e extremamente acolhedor, possuindo diversos hotéis, bares e restaurantes que garantem o agito do distrito acompanhado de boa gastronomia.

O distrito próximo a capital mineira impressiona não somente os que procuram passar o dia em um lugar gostoso, mas também aqueles que gostam de curtir os bares e os botecos mineiros no cair da noite.

3. Ouro Preto

A cidade histórica situada em meio às belas serras mineiras foi considerada pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade e obviamente não pode ficar de fora da nossa lista de paisagens paradisíacas em Minas Gerais.

Além dos famosos monumentos que retratam a história mineira e fazem da cidade um dos maiores sucessos do estado, Ouro Preto possui também paisagens naturais de tirar o fôlego, como a Cachoeira do Campo, a Cachoeira do Falcão, as famosas montanhas mineiras e o belíssimo Parque dos Contos. Os turistas podem curtir cada uma destas paisagens paradisíacas e depois descansar enquanto degustam uma ótima comida mineira no centro histórico da cidade.

Passear pelos arredores de Ouro Preto dá a chance de encontrar cachoeiras para todos os estilos, desde os que buscam descanso até os aventureiros. Próximos à cidade histórica existem diversos mirantes naturais, locais que proporcionam vistas inacreditáveis e fotos cinematográficas.

4. Lavras Novas

Localizada nos arredores de Ouro Preto e a 120 km de Belo Horizonte, Lavras Novas é famosa pelas lendas e pelo folclore que giram em torno de acontecimentos e histórias dos quilombos que existiam na região. Atualmente, a cidade vem desenvolvendo bastante o turismo, contando com pousadas, bares, restaurantes típicos e até mesmo casas noturnas.

Por estar situada dentro do Parque Nacional do Itacolomi, a cidade apresenta belezas naturais preservadas e uma fauna e flora extremamente ricas, proporcionando aos visitantes uma estadia incrível e momentos marcantes. O parque possui trilhas, mirantes e lugares paradisíacos que devem ser conhecidos.

A cidade é o destino certo para as pessoas que buscam paisagens de tirar o fôlego e também é o lugar perfeito para os praticantes de esportes radicais ou pessoas que gostam de desbravar trilhas.

5. Congonhas

A “Cidade dos Profetas” como é carinhosamente chamada devido à famosa obra de Aleijadinho, Congonhas também é considerada Patrimônio Cultural da Humanidade. A cidade chama a atenção por retratar a história mineira em cada detalhe.

Congonhas, junto com Ouro Preto, Ouro Branco e Mariana, pertence à rota de Cenários da História do Circuito do Ouro. Essa rota é perfeita para as pessoas que adoram conhecer um pouco do passado e estão dispostas a se apaixonar pelas belas construções dos séculos passados que escondem detalhes da história de Minas Gerais.

Não deixe de ver também 7 curiosidades sobre Congonhas e conhecer um pouco mais sobre esta adorável cidade.

6. Barão de Cocais

Apenas 93 km separam a pequena cidade de 24 mil habitantes da capital mineira. A famosa Barão de Cocais possui uma beleza típica de Minas e diversas atrações para os turistas. Fundado em 1704, o município recebeu esse nome em 1943 em homenagem ao senhor José Feliciano Pinto da Cunha, que foi um dos comandantes da Revolução Liberal de Minas.

Um passeio imperdível na cidade é o famoso Distrito de Cocais, local onde os turistas podem encontrar um belo oásis em meio à Mata Atlântica. Podemos destacar no distrito a cachoeira Cocais, que, depois de uma longa caminhada de 13 km, proporciona aos visitantes um espetáculo indescritível — uma queda d’água com cerca de 30 metros de altura.

Na região também podemos citar os Campos do Garimpo, local famoso pelo ecoturismo e pela vista das cidades da região, dos picos de Água Limpa e também da nascente do rio que banha todo o município. Barão de Cocais pertence ao roteiro do Circuito do Ouro que se estende da Serra da Piedade ao Caraça, cobrindo cenários cinematográficos de Minas Gerais.

E então? Gostou de conhecer um pouco mais sobre estes lugares paradisíacos em Minas Gerais? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter e fique por dentro dos melhores roteiros do Circuito do Ouro!

Lugares que você precisa conhecer em Minas Gerais

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

6 comentários em “6 lugares paradisíacos para conhecer em Minas Gerais”

  1. marcilene braga disse:

    inelizmente minha amiga fez um comentario e vcs apagaram vou escrever de novo para ela e se apagarem vou colocar no jornais

    acho que voces deveriam divulgar locais onde existe uma estrutura adequada para receber turistas. macacos possui um transito infernal que ninguem passa na rua principal e consegue chegar a seu destino nos finais de semana e feriados. nao possui posto medico nem policial, nem mesmo uma farmacia. nao possui centro de informacoes turisticas portanto nao sabemos nem horario de onibus. nao possui taxi. nao possui bancos ou caixa eletronico. comercio de pessima qualidade e restaurantes extremamente caros. a prefeitura deveria ter vergonha na cara e estruturar o local ao inves de pagar materia para divulgar o local. qualquer profissional de marketing sabe disso afffff vamos primeiro formatar um produto para depois vender no mercado e macacos tem muito ainda a melhorar para buscar atrair turistas assim.

    1. circuito disse:

      Olá Marcilene!

      Os comentários postados neste blog passam por moderação a fim de evitar conteúdos agressivos, e por isso não aparecem diretamente no post. Toda crítica é bem vinda, desde que não distorça o conteúdo da matéria.

      Neste caso citamos Macacos como um destino a ser visitado, sem qualquer interferência da prefeitura municipal. O conteúdo não é pago e não cita questões de infraestrutura. O Brasil é um país com diversos problemas que precisam ser sanados para o bom desenvolvimento do turismo, infelizmente como não é possível esperar que todas essas questões se resolvam, algumas medidas paliativas podem contribuir para o desenvolvimento do turismo, ainda que parcialmente. Os problemas citados por você devem ser tratados diretamente com a Prefeitura de Nova Lima.

      Obrigado pela participação!

  2. samuel falcone disse:

    Que lugar é este da primeira foto? Obs. Também estive em “Macacos” e não encontrei nada que valesse a pena voltar! Obrigado.

    1. admin disse:

      Olá! Ipoema é um distrito da cidade de Itabira. No roteiro Entre Ruralidades e Personalidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

esqueci minha senha