4 melhores cachoeiras do roteiro Entre Cenários da História

4 melhores cachoeiras do roteiro Entre Cenários da História

O interior de Minas Gerais te aguarda! Quem é apaixonado por história, arte e cultura, mas não dispensa o contato intenso com a natureza, encontra nas cachoeiras do roteiro Entre Cenários da História tudo isso e muito mais. O trajeto, que inclui as cidades mineiras de Congonhas, Ouro Branco, Ouro Preto e Mariana, abrange uma série de belezas naturais que podem ser descobertas ao longo de uma viagem muito rica, em todos os sentidos.

Engana-se quem acha que o roteiro Entre Cenários da História se limita a apresentar os centros históricos das cidades que o compõe. Além desses cenários magníficos, o visitante tem contato com as culturas locais, as artes preservadas ao longo dos séculos e as belezas naturais que só o interior de Minas Gerais tem.

Entre o charme de uma cidade e outra, as estradas revelam surpresas que obrigam o viajante a parar e contemplar a imponência da natureza diante dele. Entre uma curva e outra, ao longo de uma encosta de serra ou no fundo de cada vale, é possível se deparar com paisagens encantadoras que contam muitas histórias.

Se você gosta da mistura de história e natureza, prepare-se para conhecer algumas quedas d’água ao longo dessa viagem. Conheça agora as 4 melhores cachoeiras do roteiro Entre Cenários da História:

1. Cachoeira de Santo Antônio — Congonhas/MG

O Parque Ecológico das Cachoeiras, em Congonhas, é um complexo de lazer e turismo composto por uma cachoeira natural e diversas piscinas para adultos e crianças. Está localizado a cinco quilômetros do centro da cidade, com infraestrutura completa!

A beleza natural da cachoeira de Santo Antônio, que possui área represada para banho, é somada ao complexo de lazer que o parque possui. Antes mesmo de ter a infraestrutura do parque, a queda já era atração entre os moradores da região.

Ao redor da cachoeira de Santo Antônio, há uma área de preservação ecológica com mais de 70 mil m². Na mata preservada é possível encontrar diversas espécies da fauna (maritacas, bem-te-vis, pintassilgos, lontras, pacas e o tatu-bandeira) e flora (cedro, jacarandá, quaresmeira e amescla).

Caminhando pelo parque, é possível também encontrar diversas nascentes de água potável. O acesso até a cachoeira se dá por meio de uma estrada não asfaltada, porém em boas condições.

Informações:

  • Parque Ecológico das Cachoeiras
  • Av. Tenente Horácio Coelho, s/n
  • Bairro: Campinho
  • Congonhas/MG
  • Telefone: (31) 3731-1911

Possui estacionamento, lanchonete e algumas adaptações para frequentadores da terceira idade. O valor médio do ingresso está entre R$10 e R$20.

2. Cachoeira Itatiaia — Ouro Branco/MG

A cachoeira Itatiaia, em Ouro Branco, ainda é pouco explorada por turistas que visitam essa cidade histórica mineira. Situada no distrito de Itatiaia, na Rodovia MG-129, seu acesso se dá por meio de uma trilha curta de 250 metros.

Por se tratar de uma cachoeira sem estrutura montada pelo homem, é imprescindível que você vá disposto a enfrentar a trilha curta com paciência e bastante cautela, pois uma parte dela tem uma forte descida — não sendo recomendada para crianças.

No começo da trilha, desça até o rio. Será necessário atravessá-lo, continuando a trilha na margem esquerda até encontrar a queda da cachoeira. Para tomar banho, continue descendo paralelamente à cachoeira até o poço, que possui profundidade média de 1,5 metro. Quem gosta de apreciar esse tipo de beleza natural, não precisa descer.

Informações:

  • Cachoeira Itatiaia
  • Rodovia MG-129, -20.480246, -43.589747. Não há sinalização na estrada. Portanto, o GPS é fundamental.
  • Ouro Branco/MG

Não possui estrutura no local. A trilha é de dificuldade fácil-média e o acesso é gratuito.

3. Cachoeira dos Namorados — Ouro Preto/MG

Localizada no distrito de Lavras Novas, em Ouro Preto, a Cachoeira dos Namorados está a quatro quilômetros do centro histórico. Por estar em uma região montanhosa, o dia na região amanhece com forte neblina. Entre 9h e 10h da manhã o sol aparece forte, revelando toda a beleza do lugar.

O acesso à Cachoeira dos Namorados se dá pela rodovia MG-129. Você pode ir até lá de carro, moto, ônibus ou a pé. Os ônibus partem da principal estação de Ouro Preto. A caminhada até lá tem nível médio de dificuldade, pois não possui obstáculos e sua declividade é relativamente baixa.

O percurso acontece em áreas de campo de altitude, o que proporciona uma vista linda da região. O local para banho e a queda d’água da cachoeira são pequenos, o que não tira a beleza do lugar.

Informações:

  • Cachoeira dos Namorados
  • Parque Estadual do Itacolomi, s/n
  • Distrito de Lavras Novas
  • Ouro Preto/MG

Possui local para o estacionamento de veículos, transporte público regular, alternativas para hospedagem e sinal de telefonia celular. Você pode levar crianças, desde que elas estejam acostumadas a caminhar. Não possui taxa de entrada.

4. Cachoeira do Brumado — Mariana/MG

Situada dentro do Distrito que leva seu nome, a Cachoeira do Brumado é ponto de encontro de amantes da natureza que gostam de aproveitar ao ar livre seus momentos de lazer. Apesar de estar dentro de uma propriedade privada, não se paga nada para visitar a Cachoeira do Brumado. Um zelador cuida muito bem da conservação da região.

Alimentada pelas águas do rio Brumado, a cachoeira tem uma queda de aproximadamente 14 metros. É rodeada por árvores de médio e pequeno porte. O local oferece infraestrutura com banheiros, restaurante, mesas, estacionamentos, gerador de energia elétrica e um antigo moinho.

Quem gosta de acampar pode aproveitar a estrutura do lugar, sendo possível montar a barraca próximo às águas do rio Brumado. Durante a noite, o barulho da cachoeira e o céu estrelado tornam o momento extremamente romântico.

Informações:

  • Cachoeira dos Namorados
  • Parque Estadual do Itacolomi, s/n
  • Distrito de Cachoeira do Brumado
  • Mariana/MG

O local conta com estacionamento e não cobra a entrada dos visitantes. É possível acampar na região, apenas tomando cuidado com os animais selvagens que vivem por lá.

Gostou de saber mais sobre as cachoeiras do roteiro Entre Cenários da História? Deixe seu comentário abaixo e nos conte quando pretende embarcar nessa rica aventura!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

2 comentários em “4 melhores cachoeiras do roteiro Entre Cenários da História”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

esqueci minha senha