Mestre Ataíde: conheça a história e a arte desse ícone barroco

Mestre Ataíde: conheça a história e a arte desse ícone barroco

Nascido em outubro de 1762, no município de Mariana, Manoel da Costa Ataíde, o Mestre Ataíde, junto com Aleijadinho, é um dos principais expoentes do Barroco mineiro do século XIX. Suas inúmeras obras espalhadas pelo estado de Minas Gerais, são reconhecidas internacionalmente e se tornaram material de estudo e pesquisa de eruditos de todo o mundo.

As obras do Mestre Ataíde seguem as referências dos cânones da igreja católica de Portugal. Além disso, os livros sagrados e o catecismo europeu também influenciam suas belíssimas obras de cunho religioso.

Conheça agora um pouco mais da arte e da história desse ícone do barroco mineiro. Acompanhe!

Seus trabalhos e características

Como vários artistas de sua época, Mestre Ataíde não era apenas um pintor, mas um profissional completo –  ele trabalhava também com douramento, encarnação de imagens, trabalhos em talha, pintura de painéis e decoração de forros de igrejas.

Em seus trabalhos, usava cores vivas e puras, típicas das obras barrocas daquela época, focando principalmente no azul, vermelho, branco, sépia, amarelo e marrom.

O seu método de executar a pintura, com harmonia cromática, perspectiva das abóbadas das igrejas e grande expressividade dos personagens religiosos, influenciou inúmeros artistas daquele período.

Um artista genuinamente brasileiro

O Mestre Ataíde é considerado o primeiro artista que retratou os brasileiros e toda a sua essência em suas obras. Seus santos, anjos e virgens eram personagens mestiços, com características típicas dos brasileiros.

Para criar e pintar os anjos em seus trabalhos, ele usava como inspiração os seus próprios filhos. E, para representar as madonas nas igrejas, sua esposa teria sido sua principal referência.

As obras mais importantes

As primeiras obras do Mestre Ataíde datam de 1781, quando o artista encarnou e dourou as estátuas para o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, feitas por Aleijadinho, em Congonhas do Campo.

Destacam-se, também, as pinturas na Igreja da Ordem Terceira de São Francisco de Assis, em Ouro Preto, produzidas entre 1801 e 1812. E as artes feitas na Igreja Matriz de Santo Antônio em 1806, em Santa Bárbara.

O famoso painel “A Última Ceia”, produzido em 1828, é outra obra feita por Mestre Ataíde, que também tem em seu currículo a pintura do forro da Igreja de Nossa Senhora do Rosário de Mariana, em 1823.

É possível ainda apreciar a pintura da última ceia no interior do Santuário de Nossa Senhora Mãe dos Homens, no Parque do Caraça, localizado na cidade de Catas Altas. A “Ceia de Ataíde” é uma das mais belas e importantes obras artísticas do Caraça.

As cidades de Mariana, Congonhas, Ouro Preto fazem parte do Circuito do Ouro em Minas Gerais e compõem o roteiro Entre Cenários da História. Já Santa Bárbara e Catas Altas, que também pertencem a região do Circuito do Ouro, integram o roteiro Entre Serras da Piedade ao Caraça com as cidades de Caeté e Barão de Cocais. Fazer um passeio pelo Circuito é uma excelente oportunidade para aproveitar os roteiros e conhecer de perto o trabalho de um dos maiores artistas brasileiros.

A Escola de Mariana e a influência do Mestre Ataíde

Em 1821, junto aos pintores Antônio Martins da Silveira, João Batista Figueiredo, do qual Ataíde foi discípulo, entre outros, o Mestre formou a chamada Escola de Mariana. Nesse mesmo ano, Manoel da Costa Ataíde recebeu o título de professor das artes da arquitetura e da pintura, deixando um grande legado e se tornando referência para a sua geração.

Mestre Ataíde faleceu em fevereiro de 1830 e foi sepultado no dia seguinte, em Mariana, na Igreja da Irmandade de São Francisco de Assis.

Grande parte da história desse incrível artista brasileiro pode ser apreciada nas cidades do Circuito do Ouro de Minas Gerais, que ficam próximas à capital mineira, Belo Horizonte. Visite o Circuito! Com certeza você terá muitas experiências e histórias para contar aos seus amigos e familiares.

Quer saber mais sobre as cidades do Circuito do Ouro e aproveitar o turismo em Minas Gerais? Assine a nossa newsletter e não perca nenhuma novidade!

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

4 comentários em “Mestre Ataíde: conheça a história e a arte desse ícone barroco”

  1. livia disse:

    Eu amei essa matéria,eu estou estudando sobre ele. A história dele é muito bonita,a gente tem que superar todas as coisas como ele e seu amigo Antônio Francisco Lisboa (Aleijadinho) conquistou, foram pintores famosos,escultores famosos.
    Eu tenho 10 anos, e moro no estado de Minas Gerais.

  2. livia disse:

    comentem sobre ele.

  3. Leonardo Teodoro disse:

    Uma das mais importantes pinturas de Ataíde estão em Ouro Branco MG e Itaverava MG. Obras não sitadas neste artigo!

    1. admin disse:

      Agradecemos a dica! =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

esqueci minha senha