Entre Cenários da História: conheça o roteiro do Circuito do Ouro

Quando chegam as férias, achar um roteiro turístico que seja agradável e divertido para toda a família pode ser um desafio! A boa notícia é que existe, sim, um roteiro perfeito para uma viagem agradável com a criançada, realizando um empolgante passeio entre cenários da história — diversão e cultura para toda a família em uma só viagem! Quer saber mais? Continue lendo!

O Circuito do Ouro

A região do Circuito do Ouro é formado por cidades históricas de Minas Gerais que foram palco da grande procura por ouro e pedras preciosas, no final do século 15. Seu acervo histórico é riquíssimo, e as belezas naturais também não deixam a desejar: o circuito é repleto de belas serras, lindos vales e cachoeiras exuberantes!

Para que você consiga conhecer todos os passeios interessantes que podem ser feitos no Circuito do Ouro, foram organizados quatro roteiros turísticos com enfoques diferentes: naturais, culturais, gastronômicos, religiosos e históricos. Outra vantagem da região é a proximidade entre as cidades do circuito e a capital, já que viagens mais curtas são ideais para quem viaja com crianças.

E um dos roteiros do Circuito do Ouro se chama “Entre Cenários da História”, que inclui as quatro belíssimas e famosas cidades de Congonhas, Ouro Branco, Ouro Preto e Mariana. Vamos conhecer cada uma delas e saber o que tem de tão especial? Você vai querer arrumar logo as malas depois de analisar tudo o que essa região incrível tem para oferecer!

Explorando o roteiro “Entre Cenários da História”

Ouro Preto

Ao visitar Ouro Preto, não se surpreenda se tiver a sensação de estar voltando ao passado, pois quase tudo nela remete ao período colonial brasileiro. A arte barroca está presente nas construções históricas e nas famosas igrejas que abrigam as belas obras de artistas barrocos como Aleijadinho. A igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar, com mais de 400 quilos de ouro, é uma prova viva da época áurea da cidade.

Os Museus da cidade também contam um pouco da história da região. Entre eles está o Museu da Inconfidência, que fica no centro de Ouro Preto e preserva as lembranças do movimento de independência do Brasil. Há também a tradicional feirinha de Ouro Preto, que conta um pouco sobre a influência do período aurífero na cultura, por meio de suas peças de artesanato em pedra sabão, uma das marcas artísticas da cidade, além de outras lembrancinhas.

Ouro preto conta com muitos distritos onde a natureza é exuberante. Além disso, para os amantes do contato com a natureza, a cidade abriga ainda o Parque Estadual do Itacolomi, onde se pode praticar atividades como uma caminhada na trilha que leva ao Pico do parque com o mesmo nome.

Ouro Branco

Seguindo para Ouro Branco, que fica a apenas 118 km de Belo Horizonte e também tem um valioso patrimônio histórico, você pode encontrar a terceira igreja mais antiga de Minas Gerais: a Matiz de Santo Antônio. Erguida no século 18 e toda construída em estilo barroco, com pinturas belíssimas no teto. Uma maravilha só!

A natureza também caprichou na cidade, com suas serras deslumbrantes e cachoeiras de tirar o fôlego. O Parque Estadual Serra do Ouro Branco é um exemplo de lugar fascinante onde se pode levar toda a família, com seus mirantes e vistas espetaculares. Prepare-se para tirar lindas fotos! Cachoeiras e grutas dão um toque especial ao local, possibilitando passeios que certamente irão divertir as crianças. Vale ainda dizer que a visita ao local é agendada. A cidade também conta com bons restaurantes e excelentes hospedagens, como hotéis fazenda onde as crianças também terão espaço para se divertir.

Congonhas

Congonhas fica a 90 km de Belo Horizonte, e apenas 63 km de Ouro Preto. Quem nunca ouviu falar das esculturas dos doze profetas em pedra sabão feitas pelo habilidoso Aleijadinho? Pois é, elas estão em Congonhas. O santuário do Bom Jesus de Matosinhos é onde estão essas esculturas que resistem à passagem do tempo. Vale a pena conferir cada uma, com seus traços únicos!

Todo o complexo arquitetônico e artístico do santuário é arrebatador — tanto que é Patrimônio Mundial desde 1985. Não deixe de visitar também o Museu da Imagem e Memória de Congonhas, onde irá encontrar fotos antigas da cidade e de seus moradores. A comida típica feita no fogão a lenha é comum nos restaurantes da cidade.

Mariana

A cidade mais antiga de Minas Gerais, Mariana preserva uma rica arquitetura colonial do século 18. Uma das igrejas mais ricas do Brasil, a Catedral Basílica da Sé contém lustres luxuosos de cristal e um órgão com mais de mil tubos, que até hoje embala muitos concertos na cidade.

Visitar o Museu Arquidiocesano de Arte Sacra é um mergulho no valioso acervo de Aleijadinho e de Mestre Ataíde – batizado na cidade. Outro Museu que vale a pena conferir é o Museu da Música de Mariana, que abriga um magnífico acervo da música sacra brasileira, com instrumentos antigos e partituras dos séculos 18 e 19. Também merecem uma visita os ateliês que contêm trabalhos dos artistas regionais. Ver de perto como os artistas fazem todos os detalhes das obras é imperdível.

Há também o passeio pela Mina da Passagem que irá encantar as crianças, pois é uma das maiores minas abertas a visitação do mundo. Através de um trole aberto, os visitantes percorrem túneis e se deparam com lagos de água transparente. E alguns dos melhores restaurantes com comidas típicas de Minas Gerais estão nos arredores da Mina da Passagem. Vale a pena parar e experimentar!

Conhecendo as cidades do roteiro “Entre Cenas da História” do Circuito do Ouro é possível perceber que a região agrega um apelo histórico que vai ensinar a sua família sobre o passado de nosso país, além das exuberantes belezas naturais para relaxar e tirar um pouco do estresse das grandes cidades, não é mesmo? E sempre com opções de passeios para levar as crianças com tranquilidade e diversão!

A proximidade entre essas quatro cidades faz valer a pena visitar cada uma delas, e por estarem pertinho de BH, o roteiro pode ser feito em um passeio de fim de semana. Viaje Entre Cenários da História e depois nos conte como foi!

E, para conhecer outras cidades do Circuito do Ouro e manter-se bem informado, não se esqueça de nos acompanhar através das redes sociais. Você pode aparecer em nossa galeria utilizando #EunoCircuitodoOuro

 

Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

esqueci minha senha